6 Boas Práticas na utilização de Escadas de Portaló ou de Quebra-Peito

6 Boas Práticas na utilização de Escadas de Portaló ou de Quebra-Peito

Visualizar esta foto no Instagram.

6 Boas Práticas na utilização de Escadas de Portaló ou de Quebra-Peito Muitos ferimentos graves (ou mortes) são causados por quedas nas escadas de portaló ou quebra-peito. Os profissionais da área de segurança frequentemente observam as escadas sendo mal manipuladas ou em más condições e relatam práticas de trabalho perigosas. 1. A tripulação deve sempre usar um cinto de segurança e colete salva-vidas enquanto opera com as escadas. Embora a instalação de uma cabo de segurança possa às vezes ser difícil e o movimento restrito pelo comprimento do cabo de segurança, uma vida salva vale o esforço. 2. As pessoas que forem passar nas escadas devem sempre está utilizando EPI completo e colete salva-vidas. E como boa prática devem ter profissionais capacitados nos limites da escada para auxiliar. 3. As escadas devem ser inspecionadas regularmente. Particular atenção deve ser dada às áreas onde há liga de alumínio para conexões de aço. A ausência ou deterioração da junta de isolamento pode levar à corrosão eletrolítica, o que causará desperdício e, portanto, enfraquecimento. 4. Certifique-se de que um SWL adequado e realista esteja indicado na escada de portaló. Aplique rigorosamente esse limite, mesmo quando os estivadores, agentes, fiscais, vistoriadores e tripulação desejam embarcar em massa. 5. Escadas nunca devem ser movimentadas quando o pessoal estiverem nelas. 6. Em certas situações, o uso de escadas de práticos pode ser a opção mais segura ou única. No entanto, como seu nome infere, estes são principalmente para o uso de práticos que são especificamente treinados em seu uso. #VistoriasInspeçõesePerícias #QSMS #Segurança #Gangways #HSEQ #Engenharia #goodpractices #boaspráticas

Uma publicação compartilhada por AWS Service (@awsservice) em

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *